Transportes

Manutenção da tarifa de ônibus, liberação do pedágio para motos, aplicativo Táxi.Rio, entre outras

  • Manutenção da tarifa de ônibus
    A SMTR não autorizou o aumento anual da tarifa de ônibus, mantendo o mesmo valor desde janeiro de 2016. A liberação de uma das pistas seletivas da Avenida Brasil para o tráfego de carros de passeio reduziu o tempo de deslocamento em até 40 minutos.
  • Linhas de ônibus
    Suspensão da racionalização das linhas de ônibus municipais para realização de diagnóstico do sistema com participação popular.
  • Plano de sinalização
    Foi realizada a conclusão da primeira etapa de instalação de placas de sinalização em Santa Teresa. As 29 novas placas fazem parte do projeto de revisão de toda a sinalização de tráfego da cidade.
  • Projeto Bike-Rio
    Foi estendido o desenvolvimento do projeto Bike-Rio, com ampliação do sistema de compartilhamento de bicicletários públicos e paraciclos para as zonas Oeste e Norte da cidade.
  • Liberação dos pedágios para motos
    Por determinação do prefeito Marcelo Crivella em janeiro, foi vetada a cobrança de pedágio para motociclistas na via expressa. O decreto exige que a concessionária comprove “desequilíbrio econômico-financeiro e sugestão das correspondentes medidas compensatória” para qualquer cobrança.
  • Lançamento do aplicativo Táxi.Rio
    A plataforma oficial de mobilidade Táxi.Rio, vai permitir que a prefeitura, taxistas e passageiros tenham uma melhor gestão do serviço. Durante dois meses, o aplicativo será testado na cidade.
  • Integração tarifária entre vans e metrô para Rocinha e Vidigal
    No início de outubro, a Secretaria Municipal de Transportes estabeleceu a integração tarifária entre as vans e o metrô no valor de R$ 5,55. Nos primeiros 90 dias de implantação será praticado o valor promocional de R$ 5. Após os três meses, a tarifa de integração será de R$ 5,55, conforme as regras de integração do Bilhete Único Carioca. A integração é realizada com o intervalo máximo de duas horas e meia, com a utilização do cartão RioCard. A integração entre metrô e vans é realizada nas estações do metrô de São Conrado e Jardim de Alah.
  • Novas Regras de Emissão Cartão de Gratuidade de Estacionamento para Idoso
    A Secretaria Municipal de Transportes ampliou a faixa etária para emissão do "Cartão de Gratuidade para Estacionamento para Idoso" para cidadãos a partir de 60 anos. A nova resolução ampliou a faixa etária para emissão do cartão (anteriormente era concedido para idosos a partir de 65 anos), acabou com a obrigatoriedade do beneficiário possuir CNH, além de acabar com a obrigatoriedade do idoso ser habilitado e o proprietário do veículo, o que era exigência no passado. Desde a publicação da resolução, já foram emitidos cerca de 13.000 novos cartões.
  • Sem reajuste da tarifa dos táxis
    A Secretaria Municipal de Transportes não reajustou a tarifa dos táxis, atendendo ao pleito da maioria dos profissionais da categoria. Com isso, a aferição/vistoria não precisará ser realizada mais de uma vez. A decisão levou em consideração o pedido de grande parte dos taxistas, além de pensar nos usuários, que não terão despesa extra com a cobrança mais cara das corridas.
  • Fixação de adesivos de cartão de crédito em táxis
    A Secretaria Municipal de Transportes autorizou a fixação nos táxis de adesivos com o logotipo das empresas operadoras de cartão de crédito, serão aceitos em suas corridas. A colocação do adesivo beneficia tanto os taxistas como os usuários, que poderão saber, antes de embarcar, quais táxis aceitam o pagamento da corrida por meio de cartão de crédito.
  • Aumento da vida útil dos táxis
    A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Transportes, aumentou a vida útil dos táxis convencionais, os amarelinhos, de seis para oito anos.