Sustentabilidade

Recuperação de bairros, vias, ciclovias, dragagem e canalização de três rios e projetos de sustentação ambiental.

  • Ações de conservação
    Recuperação em diversos bairros da cidade. Vias, ciclovias, iluminação pública, além de demolição de construções irregulares. Ações paralisadas desde o segundo semestre de 2016.
  • Programa Guardiões de Rios
    Este programa foi reestruturado e redesenhado pela Seconserma. A partir de agora, a contratação de 220 cuidadores de rios será feita pelo sistema de mutirão, direto pela prefeitura do Rio. A previsão é que 30 frentes de trabalho sejam abertas em mais de 40 rios.
  • Inauguração da Trilha Transcarioca
    Uma das maiores vias verdes do mundo e um verdadeiro patrimônio carioca, com 180km de extensão e múltiplas possibilidades de lazer e obtenção de renda para a população.
  • Dragagem do Rio Acari
    O projeto leva dragagem e canalização de três rios na região da Pavuna, Zona Norte da cidade. Elaborado pela Fundação Rio Águas, prevê obras nos rios Acari, Pavuna e Pavuna Meriti. A medida possibilitará o aumento da capacidade de vazão dos canais fluviais, reduzindo as inundações e os transtornos causados nos períodos de chuva intensa.
  • Publicação do Plano de Manejo do Parque Natural do Marapendi
    A medida organiza as questões ambiental e urbanística da unidade de conservação, garantindo a proteção da fauna e da flora do parque.
  • Ampliação das Hortas Cariocas
    A Prefeitura aumentou o alcance do projeto de sustentação ambiental, presente em 30 comunidades e na Rede Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro. Baseado em comunidades e escolas, gera empregos diretos entre os moradores e pessoas ligadas às escolas, que em sistema de parceria, cuidam da plantação.
  • Desenvolvimento Sustentável
    Criação do Escritório de Sustentabilidade e Resiliência dentro da Subsecretaria de Planejamento e Gestão Governamental, com o objetivo de dar suporte ao Escritório de Planejamento e Modernização da Gestão e ao Escritório de Gerenciamento de Projetos e Metas na incorporação dos conceitos de sustentabilidade e resiliência no planejamento e gestão da cidade. Juntos, os escritórios estão elaborando o Plano de Desenvolvimento Sustentável da cidade, com horizonte até 2030, integrando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU aos planos da cidade e ao planejamento estratégico.
  • Obras emergenciais no calçadão da Praia da Macumba
    A Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente iniciou em 16/10 as obras para conter a erosão da Praia da Macumba. Concomitantemente, a Prefeitura do Rio busca viabilizar o projeto proposto pela Coppe há 17 anos: a instalação de um quebra-mar para impedir o deslocamento da areia pela ação dos ventos e das marés. Este escopo inclui também toda recomposição do calçadão, afastando qualquer possibilidade futura de desmoronamento da área aterrada e garantindo a segurança de moradores e frequentadores.
  • Revitalização do deque do Flamengo
    No dia 27/10 foram iniciados os serviços de revitalização e substituição das ripas de madeira ecológica que cobrem toda a extensão de 2.700 m² do Rio Carioca até a sua foz na Praia do Flamengo. O início das obras teve a presença de frequentadores do local e de lideranças do bairro. Também será recuperado o entroncamento para amortecer as ondas instalado embaixo do deque. Os serviços estarão concluídos em até 60 dias e contam com investimento de R$ 850 mil.
  • Rio-Águas licita drenagem do Rio Acari
    Para prevenir enchentes, a canalização contribuirá para eliminar um histórico ponto de alagamento na Rua Comendador Guerra, atendendo a uma antiga demanda dos moradores. A via é uma importante ligação da Zona Norte da cidade com a Baixada Fluminense, por meio da Via Light. Serão construídos 670 metros de canalização em concreto armado, 420 metros de ciclovia e implantados 2.110 metros quadrados de pavimentação. <br>
    A intervenção também trará melhorias para o entorno do curso d’água, com a implantação de passeio e de equipamentos de esporte e lazer, como ciclovia, bicicletário, mesas de jogos, academia da terceira idade, brinquedos e academia ao ar livre.
  • Trilha Transcarioca
    A Trilha Transcarioca é um marco na relação do carioca e do turista com a natureza. A trilha percorre quatro unidades de conservação do município (Parque Natural Municipal (PNM) de Grumari; PNM da Catacumba; PNM Paisagem Carioca, no Leme; e Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar e da Urca; uma do estado (Parque Estadual da Pedra Branca); e uma federal (Parque Nacional da Tijuca), num percurso de 140 quilômetros.
  • Parque Natural Municipal do Marapendi
    A publicação do plano de manejo do foi fundamental para catalogar características, curiosidades e descobertas sobre a flora e a fauna locais, como a borboleta-da-praia, espécie em extinção, que foi fotografada em seu habitat natural, com sua planta hospedeira, conhecida por "Jarrinha".
  • Prainha renova selo Bandeira Azul
    A Prainha, recanto ecológico localizado na Zona Oeste da cidade, conquistou a renovação do selo Bandeira Azul pela Foundation For Environmental Education (FEE), selo que atesta a qualidade da praia e sua importância para o meio ambiente.
  • Desburocratização dos processos de licenciamento
    A Secretaria de Conservação e Meio Ambiente avançou em parceira com a Secretaria de Infraestrutura, Urbanismo e Habitação para desburocratizar os processos de licenciamento na Prefeitura do Rio. As secretarias acabaram com a obrigação de os projetos modificados apenas com alterações de planta voltar a serem examinados pela Subsecretaria de Meio Ambiente quando a modificação não implicar em impactos ambientais.
  • Parceria do Botafogo de Futebol e Regatas com a Fundação Parques e Jardins
    Para projeto de arborização do Complexo Nilton Santos, com plantio de 160 mudas. Dentre as espécies plantadas estão presentes exemplares de Pau-Brasil, espécie histórica ameaçada de extinção, e de Jequitibá-Açu, árvore símbolo da cidade do Rio de Janeiro. O plantio foi iniciado em 26/09 e está em sua reta final;
  • Plantio de 600 mudas ao longo do BRT Transoeste
    São sete quilômetros de arborização, que começa na Avenida Armando Lombardi - no entorno da estação Jardim Oceânico - depois segue pela Avenida das Américas, depois indo para a Avenida Ayrton Senna, até a altura do Via Parque Shopping.