Lazer e Esporte

Recuperação de 17 Vilas Olímpicas, organização do início do Campeonato Brasileiro, entrega de equipamentos esportivos.

  • Movimenta-Rio
    A Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente e a Subsecretaria de Esporte e Lazer fecharam um acordo de cooperação para melhorar a manutenção de áreas públicas. A ideia do programa Movimenta Rio é que praças e quadras utilizadas para atividades físicas e de lazer na cidade tenham prioridade, ampliando assim a oferta de esportes na cidade.
  • Recuperação de 17 Vilas Olímpicas
    Foi realizado um trabalho de limpeza, que incluiu as piscinas, as quadras e os prédios administrativos. A retomada da operação total está prevista ainda para o primeiro semestre. O processo de licitação já foi analisado pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e foi lançado no mês de abril.
  • Ação Social no Campeonato Brasileiro
    Em jogo de estreia do campeonato no Maracanã, a administração municipal custeou os gastos com o estádio e recebeu uma doação de 70 toneladas de alimentos do Flamengo, em meio a uma grande festa com artistas e espetáculo em campo.
  • Ilha do Urubu e Autorização para Novo Estádio Acústico
    Entrega do novo equipamento esportivo para a cidade, reformado pelo Clube de Regatas do Flamengo, sem custos para a prefeitura, gerando mais empregos no comércio da Ilha do Governador. A Prefeitura também autorizou a construção do estádio acústico na Gávea, reformando o estádio José Bastos Padilha, na Zona Sul.
  • Autorização para recuperação da sede do América
    O segundo time de todo carioca finalmente poderá recuperar sua sede. O prefeito Marcelo Crivella sancionou Projeto de Lei Complementar 169-A/2016, que define novas condições urbanísticas para a área da sede do America Football Club, na Tijuca. Era o sinal verde que a centenária instituição esportiva, criada em 1904, aguardava para dar início ao projeto de recuperação e modernização de sua sede. Desde 2014 o local está fechado por problemas de conservação.