Emprego e Inovação

Zona Franca Social, Naves do Conhecimento, Rede Simples e muito mais

  • Inauguração dos restaurantes populares de Campo Grande e Bangu
    Mais de 250.000 refeições já servidas nos restaurantes inaugurados (almoço a R$ 2,00 e café da manhã a R$ 0,50) além da municipalização dos restaurantes de Bonsucesso e Madureira. 2017 também marcou o início das obras do restaurante de Bonsucesso.
  • Projeto Pedagógico para as Naves do Conhecimento
    Ampla reformulação pedagógica das Naves do Conhecimento que passaram a valorizar a formação dos jovens em áreas ligadas à tecnologia e à economia criativa – duas áreas que oferecem empregos de qualidade para os jovens e que são também grandes vocações econômicas dessa cidade.
  • Lançamento do programa Oficina Para o Emprego (OPE)
    A OPE disponibilizou 800 vagas para cursos gratuitos de qualificação profissional no SENAI Rio a moradores de baixa renda da cidade do Rio de Janeiro. Ao todo, foram oferecidos 8 cursos: Almoxarife, Auxiliar de Operações em Logística, Auxiliar de Cozinha, Operador de Computador, Operador de Telemarketing, Assistente Administrativo, Montagem e Manutenção de Computadores, Assistente de Produção Industrial. No mesmo programa, foram oferecidas 100 vagas do SENAI CETIQT em quatro cursos: Coolhunting: pesquisa de moda e mercado; Slow Fashion: customização, upcycling e conserto de roupas; Desenhista de Moda e Comprador de Moda. Além dos cursos gratuitos, todos os alunos recebem uma bolsa auxílio de R$ 13,60 por dia de aula.
  • Implantação da Rede Simples
    Com isso, o processo seguirá em andamento sem a necessidade de aguardar por visita de fiscal da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização para verificação e análise da natureza, uso e destinação do local. A medida reduz de 45 para 18 dias o tempo de abertura das empresas que se enquadrarem no novo procedimento.
  • Abertura de empresas
    O prazo de abertura de empresas na cidade do Rio de Janeiro foi reduzido de 45 dias para até 18 dias, simplificando os processos exigidos por diferentes órgãos municipais.
  • Caravanas do emprego e da cidadania
    29 Caravanas do Emprego e da Cidadania em diversas comunidades do Rio de Janeiro com número total de atendimentos de mais de seis mil pessoas – um crescimento de atendimentos de mais de 150% em relação a 2016. Os serviços oferecidos são agendamento de carteira de trabalho, intermediação de mão de obra, agendamento do seguro desemprego e cadastro para Jovem Aprendiz.

    Feirão do Emprego no Clube Municipal (19 de dezembro) com a participação de mais de 20 empresas. Espera-se comparecimento de mais de 2.000 pessoas para cadastro.
  • Festival de Economia Solidária (ECOSOL)
    Realização do Festival de Economia Solidária (ECOSOL), no Largo da Carioca, centro da cidade. Mais de 150 expositores ofereceram produtos de decoração, moda, cultura e alimentação. Além dos stands de vendas, foram oferecidas oficinas gratuitas e shows de música. Reuniu o Movimento Ecosol, o Circuito de Feiras Orgânicas e o Polo de Plantas Ornamentais da Ilha de Guaratiba.
  • Projeto Jovem Alerta
    Programa voltado para preparação de jovens de 14 a 24 anos para o mundo do trabalho e para os programas Jovem Aprendiz e programas de estágio. Em 2017 foram formados mais de 500 jovens.
  • Projeto Resgate
    Realização de seis turmas do projeto que capacita moradores de abrigos da prefeitura para retornarem ao mercado de trabalho. Mais de 50 pessoas capacitadas em 2017.
  • Caça aos asteroides
    180 alunos da rede municipal envolvidos no projeto de identificação de corpos celestes não catalogados a partir de imagens cedidas pelos maiores telescópios do mundo.